My photo
Um escritor, um poeta, um aventureiro,

Wednesday, 18 July 2012

Padre Domingos Soares Maubere




Foi no dia 16 de Julho de 1978, que, na Sé Catedral de Braga,  que D.Eurico Dias Nogueira, Arcebispo Primaz de Braga Emérito, impôs as mãos ao Pe. António Ferreira da Costa-Roma, Pe. José Zeferino Esteves-Braga, Pe. Domingos Alves-Timor, Pe. Ildefonso Xavier-Viana e eu. Os nossos colegas,  Pe. José da Silva Lima-Braga, Pe. José Luís E. Couto-Viana e Pe. Manuel Lemos-Viana, foram ordenados uma semana depois em Viana do Castelo.

Foi para mim um longo percurso no serviço de amor a Deus e aos irmãos: os meus primeiros 6 meses foram em Castelões, a Paróquia que me acolheu e onde celebrei a primeira missa, substituindo o Pe. Fernando Monteiro, que tinha ido a fazer a experiência sacerdotal focolarina em Roma; um ano e tal, como vigário paroquial da igreja matriz da Póvoa de Varzim, com Mons. Quezado. 

Em Abril de 1980, regressei para Timor, juntamente, com o Pe. Domingos Alves. 
Em 2008, vim para Macau, onde estou a estudar na Universidade de S.José e a ajudar na paróquia da Sé, a pedido do meu Bispo de Dili, D. Alberto Ricardo e da  gentileza do Sr. Bispo de Macau, D. José Lai. 

Sobretudo em Timor, foram anos de muita dôr, desafios, mas também de muita alegria.

Ao celebrar os 34 anos deste privilégio sem medida de Deus-Amor, não quero deixar a agradecer a Deus, à Igreja e aos meus pais e familiares por este grande dom;  aos meus professores e formadores, tanto em Timor, como em Portugal (tive a alegria de abraçar alguns no passado mês de Junho, entre eles, D. Eurico e D. Jorge Ortiga), por todo o seu trabalho; aos colegas e amigos/amigas e comunidades que me apoiaram, antes e depois de sacerdote, em Portugal, de uma forma particular a Coumnidade de Castelões com o Pe. Fernando Monteiro, em Timor e, agora, em Macau.

A todos, um sincero, muito obrigado e que o Senhor a todos abençoe e recompense.

Macau, 16 de Julho de 2012

Padre Domingos Soares

No comments:

Post a Comment