My photo
Um escritor, um poeta, um aventureiro,

Saturday, 29 May 2010

Puisiku

By: Celso Oliveira

Didalam hati seorang ibu


Didalam hati seorang ibu ada kesedihan tetapi disaat yang sama ada kegembiraan.
Didalam hati seorang ibu ada tanggisan tetapi disaat yang sama ada harapan.
Didalam hati seorang ibu ada kejengkelan tetapi disaat yang sama ada doa.
Didalam hati seorang ibu ada perjalanan tetapi disaat yang sama ada banyak pertanyaan.
Didalam hati seorang ibu selalu ada DOA. Didalam DOA ada HARAPAN, HARAPAN dan HARAPAN sampai kematian membawa IBU itu.


Judul dari beberapa surat kabar

Sinar memberi kita terang.
Tetapi kebanyakan sinar memberi kita kesedihan bila muncul didalam surat kabar berita tentang kematian, penderitan, tanggisan, penyakit, dan disaat yang sama muncul berita tentang para politikus yang saling berlomba meraih dan membagi proyek dan berbicara tentang Money, Money and Money.

Dimanakah Money dari negeriku?
Dimanakah kebahagian dan kegembiraan dari orang-orang yang sedang hidup dalam kemiskinan dan penderitaan?

Sinar memberi kita terang.
Jika anda masuk dalam sebuah kamar gelap kemudian anda memberi “on” kepada sebuah lampu. Otomatis anda merasa tenang karena ada terang. Dan anda mulai menulis. Terkadang anda bangga dengan kekayaan alam yang anda miliki tetapi disaat yang sama anda bertanya kenapa masih ada penderitaan?

Mari kita melihat beberapa judul dari beberapa surat kabar dibawa ini:
1. http://temposemanaltimor.blogspot.com/
TS Video: A Timorese Mother and Her Son Need Medical Care

2. http://cjitl.org/
- Mane Klosan Husi Oekuse Ne’ebe Tanis Bainhira Hasoru CJIT.
- Tamba Sa ONU Dezarma Ami No Tamba Sa Governu Haluha Hau.

3. Dan Lain-Lain, Masih banyak lagi.

Estudante Iha Kuba Ejiji Pagamentu Subsidiu Eskolar Tuir Orariu





Written by Jessy Vilanova no CJITL Internship Baucau
Friday, 28 May 2010
Image
Estudante TL iha Kuba (partial), foto ist.
CJITL flash,
Problema pagamentu subsidiu eskolar ba Estudante medisina iha Kuba, halo Komisaun F, Parlamentu Nasional husu ba Ministru Saude atu tau matan didiak ba nesesidade estudante sira nian.

Cipriana Pereira, Prezidente Komisaun F, husu ba Ministeriu Saude atu trata kondisaun estudante medisina iha Kuba ho diak, liu – liu labele atraza pagamentu ba orsamentu subsidiu ba estudantes sira to’o fulan ne’en mak simu dala ida.
“Orsamentu ne’ebe estudante sira simu kada fulan ida $50 ne’e ba sira nia presiza,ami koalia tiha ona ba ministeriu saude atu halais nia pagamentu labele fali fulan 6 mak simu dala ida, ami kuando enkontru hamutuk ho Ministru Saude ho nia Direktur sira sempre kestiona problema ne’e” Cipriana haktuir ba CJITL, iha uma fukun, Kinta Feira (27/5).

Tuir faktus ne’ebe CJITL simu husi kuba Kuarta feira ne’e katak pagamentu subsidiu ba estudante sira sempre tarde no ida ne’e afeita tebes ba nesesidade loron – loron sira nian iha Kuba.

“Desde Embaixador Egidiu de Jesus ba iha Kuba, prosesu orsamentu ba estudante lao ladun diak kompara fali ho tempo uluk nian estudante sira simu osan tuir horario” hateten estudante ida ne’ebe lakohi CJITL publika nia identidade.

“Iha Kuba, estudante sira la barani atu koalia tamba sira tauk lakon sira nia kareira iha Medesina no sira tauk atu koalia ba Embaxada iha Kuba” Estudante ne’e hatutan iha karta ne’ebe CJITL simu.
Reporter CJITL iha Kuarta no Kinta semana ne'e tenta atu halo konfirmasaun ho parte Ministeriu Saude, maibe tuir resepsionista iha iha Ministeriu Saude Katak Direitor ida ne;ebe tama konta ba asuntu ne'e naran Diamentino no nia sei iha hela viajen ba Indonezia.
"Imi bele mai fali segunda feira semana oin" Resepsionista ne'e hateten. (Angelina, Idalia & Jessy/CJITL)

Friday, 28 May 2010

“Tamba Sa ONU Dezarma Ami No Tamba Sa Governu Haluha Hau”





Written by Thomas Sanches and CJITL Internship Baucau
Friday, 28 May 2010
Image
Ernesto Martins, foto CJITL
CJITL in Depth,
Ernesto Martins membru Polisia Nasional Timor Leste (PNTL) ida ne’ebe sai mos hanesan vitima krizi 2006 ne’ebe konsege salva husi akontecementu iha Komando Jeral PNTL nia fatin maske hetan tiru iha akontecementu ne’e, oras ne’e seidauk hetan rekonhecementu ruma hanesan rekonhecementu seluk ne’ebe estado fo ba vitima sira seluk.

Ernesto ne’ebe hetan tiru iha tinan hat(4) liu ba iha loron 25/05/2006) husu ba governu atu servisu hamutuk no lalika soran tan povu, nia kasu lia hirak ne’e ba CJITL, iha nia hela fatin Pantai Kelapa,Comoro, Kuarta(26/05).

“Hau hanoin hikas fali iha tempu ne’eba akontesementu ne’e mosu tamba iha diskunfia ba malu entre forsa rua hanesan PNTL no F-FDTL tamba laiha kolaborasaun diak ho ida ne’e mak mosu tiru malu entre forsa rua ne’e” tenik Ernesto Martins.

Aman husi oan nain tolu ne’e hatutan tan katak, iha momentu ne’eba nia rasik mos hetan tiru no kanek maibe la todan ida.

“Hau rasik kona tiru hosi grupu forsa armada TL ne’ebe ataka fatin Komando Jeral no ikus mai hau mos la hatene no la komprende tamba forsa internasional ONU nian dezarma hotu kilat hosi ami PNTL ne’ebe halo siguransa iha komando geral no to’o ikus sutuasaun sai pior liu tan” hatutan Ernesto.

Nia mos hatutan katak, depois dezarma hotu kilat ne’ebe sira iha, forsa hosi ONU nian haruka sira forma lina no lao sai atu lori ba iha Centru UN nian iha Obrigado Barak.

“Sira ONU nia asaun ne’e atu lori ami ba iha Centru ONU nian iha Obrigado Barak no sira halo siguransa ba ami bareira ou taka ho kareta deit maibe to’o iha Ministerio Justisa nia oin hau hare iha grupu rua(2) hosi forsa F-FDTL mais ou menus nain 8 no grupu ida hosi parte Liceu nian no Grupu ida hosi parte World Vision komesa tiru ami ne’ebe la’o forma lina hela no rejultadu hau nia kolega nain 8 mate iha fatin no 29 kanek Kaman” nia hatutan.
Laen hosi Saturlina de Jesus ne’e hatutan, husu ba governu TL no nai ulun sira atu lalika kria tan hahalok at hanesan ne’e iha futuru hodi soran tan povu.

“Hau sente triste oituan tamba to’o agora ne’e governu TL laiha penhargaan ruma mai ami sira ne’ebe sei moris ne’e” nia kestiona.

Ernesto Martins iha tempu ne’eba nia pozisaun hanesan forsa armagem ho divisa ajente maibe foin lalais ne’e nia simu promosaun divisa hanesan Sargentu Xefe.

Ernesto Martins iha oan nain 3 feto ida no mane rua (2) ne’ebe ho naran, Ersa de Jesus Martins(10), Ersio Martins(7), no Cristino Alo Martins(3) no nia kaben naran Saturlina de Jesus. (Thomas,Helio, Helia, Eugenia/CJITL)

Sunday, 23 May 2010

O troféu de Milito, de Moratti e de Mourinho Herrera

Foto: Kai Pfaffenbach/Reuters

Final da Champions

22.05.2010 - 21:35 Luís Octávio Costa, em MadridClick here to find  out more!

O Inter de Milão treinado por José Mourinho venceu este sábado a final da Liga dos Campeões e fez a “tripla”. O argentino Diego Milito foi a grande figura, com dois golos.

Massimo Moratti, presidente do Inter, já tem uma fotografia como a do seu pai Ângelo, a sorrir agarrado ao troféu da maior competição de clubes europeia. Em 1964 e 1965, o presidente Ângelo agradeceu-o a Helenio Herrera. Moratti deve-o a José Mourinho, uma espécie de reencarnação do argentino que um dia disse “evita a monotonia nos discursos, no treino e nas refeições”.

Mou-ratti. O treinador e o presidente que acreditou nele para fazer renascer o Grande Inter, que o seu pai, presidente entre 1955 e 1968, vira nascer às mãos do extravagante Helenio Herrera. Era o “habla-habla” por falar muito e um dos reinventores do catenaccio (um ferrolho, mas uma estratégia com toda a elasticidade do contra-ataque).

Herrera foi um dos primeiros a chamar 12.º jogador aos espectadores. Foi ele que um dia suspendeu um jogador por dizer “viemos aqui jogar” em vez de “viemos aqui ganhar”. Da sua boca saiu a frase “Quem não dá tudo, não dá nada”. Podia ter sido José Mourinho.

A noite do português também fica para a história. Em Madrid. Logo em Madrid.

O Inter, o novo Grande Inter, concluiu o seu Grand Slam. Depois do campeonato e da taça, a desejada Liga dos Campeões. A tripla conquistada numa final imprevisível, para muitos um espectáculo distorcido. Para outros, o jogo estava nos bancos (o de Mourinho vazio, o de Van Gaal ocupado) e não no relvado.

E a primeira parte ameaçou. Mais paciente o Bayern, mais sôfrego o Inter. Foi decorrendo assim um jogo onde às tantas parecia fazer falta aquela regra do andebol que obriga as equipas a atacar. Como nenhum árbitro levantou o braço em sinal de sonolência, as duas equipas estudaram-se, observaram-se, não se comprometeram.

Robben, tudo menos alemão, foi azucrinando Chivu (amarelado aos 30’), mas a energia do holandês não conseguiu contagiar os seus colegas. Aí, já o Bayern tinha ganho o prémio posse de bola, perante a indiferença do Inter, calculista. Todos para a esquerda, direita, esquerda, direita. Pautado por Zanetti e Cambiasso, os homens de Mourinho não têm pressa. Seguem a bola e o adversário com a concentração de um sniper e esperam pelo momento certo.

E o momento certo aconteceu aos 35’. Pontapé longo de Júlio César, recepção imediata de Milito, triangulação com Sneijder e conclusão do argentino, o homem do jogo no relvado – pelo menos até Mourinho ter invadido o relvado.

Na véspera, Van Bommel, habituado a reviravoltas, avisara. Desta vez é diferente. É o Inter. Foi mesmo. Foi a febre de sábado à noite. O Bayern não parecia deste campeonato. Cabeça baixa, pernas pesadas. Aos 19 segundos da segunda metade, Júlio César deteve o remate de Müller. Altintop (54’) também raspou a sua sorte. E aos 65’, Robben, inconformado, nada alemão, tentou equilibrar aquela que também era a sua final. Brilhante pé esquerdo (vemo-nos no Mundial) para enorme estirada do guarda-redes brasileiro.

A espaços, o Bayern conseguia penetrar nos labirintos da pirâmide defensiva dos italianos (sem italianos). Mas deu sempre a ideia que o destino estava traçado, que era a noite dos passes sem olhar (de Sneijder) e dos roubos de bola só com o olhar (de Cambiasso). E de Milito, o príncipe. Aos 70’, o seu sexto golo em 11 jogos de Champions. Só dele. Pé ante pé, um nó em Van Buyten, dois remates e dois golos. Por fora, Mourinho aconselhou calma. Por dentro já saboreava uma temporada redonda.

Só ele seria capaz de cumprimentar Van Gaal ainda antes do apito final, segundos antes de a UEFA mandar gravar o nome Inter no troféu. No final, quando o árbitro apitou, o treinador português ficou uns segundos sozinho a olhar para os adeptos (Herrera foi um dos primeiros a chamar-lhes 12.º jogador). Em pleno Santiago Bernabéu, acenou-lhes. Addio.

Fine. Presidente: Massimo Moratti. Treinador: José Mourinho. Marcador: Diego Alberto Milito. Preparador físico: Rui Faria. Treinador de guarda-redes: Silvino.


POSITIVO E NEGATIVO





José Mourinho

Jorge Valdano disse que Mourinho não é o melhor do mundo, é apenas um dos melhores. Os adeptos do Real Madrid não gostaram e pediram a demissão do director técnico do clube do mais que provável destino de Mourinho. Em pleno Bernabéu, o português respondeu ao argentino.


Milito

É um daqueles jogadores à Mourinho, um dos que agora diz “viemos aqui para ganhar” e não para jogar. Marcou dois golos, seis no total. Mourinho quer que Milito fique com ele.


Robben

Esta era a sua final. E fez tudo por ela.


Cambiasso

Vai uma errata na convocatória, Maradona?


-


Centrais do Bayern

Nem Demichelis, nem Van Buyten. O Inter sabia que no centro é que estava a virtude. A dupla de centrais não foi capaz. No geral, o Bayern também não.

Wednesday, 19 May 2010

20 de Maio - Loron Ukun Rasik-an




Ita belle mate mohu
Ran sei sulin husi foho to'o tasi
Maibe manu ida sei kokorek
Loron ida ita sei ukun rasik-an



NICOLAU LOBATO, FRETILIN

Estudantes Nia Inan Aman Iha Baucau Kontra Profesor Sira





Written by CJITL Internship
Wednesday, 19 May 2010
ImageCJITL Investigative, Dirasaun Eskola Sekundaria No. 02 Vila-Nova Baucau ne’ebe aplika regulamentu multa wainhira estudante falta sai peroukupasaun bo’ot ba inan aman estudante tanba kondisaun ekonomia ne’ebe ladun sufisiente.

Maske regras sira ne’e deside hamutuk ona hodi implementa maibe inan aman sira nafatin la kontenti ho metodu selu multa ne’e.

Tuir Ermelinda Maria da Silva nu’udar inan ida husi estudante ES no 02 Baucau katak senti laran todan ho desizaun ne’ebe refere tanba osan laiha maibe atu salva nia oan husi eskola maka simu deit desizaun hamutuk ne’e.

”Hau senti triste ho desizaun ida ne’e tamba osan ne’ebe ami hetan dala ruma la sufisiente ba ami nia moris lor-loron, ami nia oan nakar, lor-loron falta no tarde hela deit sei sai husi eskola tamba osan la iha”, dehan Ermelinda foin lalais ne’e iha Baucau. “Ho ida ne’e hau hakarak husu ba mestre sira sei bele uza metodu seluk hodi regula estudante sira nia hahalok”.

Estudante ida husi Eskola Sekundaria No. 02 Vila-Nova Baucau mos senti laran todan ho regras ne’ebe hasai husi sira nia eskola tanba distansia eskola no nia uma do’ok malu ne’ebe dala ruma sempre tama tarde no falta.

Tuir estudante husi eskola ne’ebe refere no lakohi atu publika nia identidade kompletu ne’e husu atu aplika deit regras seluk hanesan fo kastigu ruma tuir sira nia sala ne’ebe sira halo.

Tanba dala ruma hanoin barak konaba osan multa ne’ebe iha sempre halo nia laiha konsentrasun atu estuda no hakarak atu sai husi eskola tanba osan laiha.

“Hau senti triste ho metodu ida ne’e tamba dala ruma ami uma do’ok husi eskola tamba ne’e mikrolet laiha, ami atrajadu hela deit”, dehan estudante ne’e. “Ami mos senti trauma no labele konsetra ba ami nia estudu no bainhira osan la iha ami hanoin atu la eskola deit ona”.

Hatan preoukupasaun hirak ne’e, Direitur Eskola Sekundaria No. 02, Faustinho Soares esplika katak regras ne’ebe sira fo sai ne’e hanesan metodu ida atu kesi metin estudante sira hodi ativu diak liu tan iha aula.

”Ami fo sai regras ida ne’e ba estudante sira la’os atu halo kobransa ba estudante sira, maibe ida nee hanesan metodu ida ba estudante”, tenik Direitur ne’e. “Atu nune’e estudante sira bele ativu mai eskola”.

Faustinho mos dehan regras hirak ne’e dirasaun eskola aplika tanba hetan apoiu maximu husi estudante sira nia inan aman.

No osan husi multa ne’e sei uza hodi sosa sasan administrasaun eskola nian.

“Ida ne’e ami fo sai hetan apoiu no husi estudante sira nia inan-aman liu husi enkontru hamutuk entre inan-aman, mestre sira no direktor da eskola”, katak Soares. “Osan hirak ne’ebe estudante sira selu ne’e sei aloka ba material eskola nian hanesan surat tahan, tinta komputador, zis no material seluk tan”.

Superintedente ba Eskola Sekundaria, Januario Cabral ne’ebe hetan konfirmasaun katak durante ne’e ladauk hatene konaba informsaun estudante sira selu multa tanba tama tarde ka falta.

Maibe nia rasik konsidera regras ne’e hanesan internal husi eskola ida-idak nia ne’ebe nia laiha direitu atu kansela regras hirak ne’e.

“Hau la hetan informasaun konaba desizaun ida ne’e”, dehan Januario. “Ida ne’e hanesan servisu internal husi eskola ida-idak nian tamba ne’e ami la iha direitu atu hapara programa husi eskola ne’e nian”.
Relasiona ho asuntu ne’ebe refere, Centru Jornalista Investigativu Timor Leste (CJITL) koko halo konfirmasaun ba direitur Rejional I Baucau maibe la konsege tanba laiha servisu fatin.

Meus seluk ne’ebe reporter CJITL halo hodi halo kontaktu liu husi telefone maibe telefone taka hela.

Tuir informasaun ne’ebe CJITL rekoilha husi inan aman katak asuntu selu multa ne’e hetan protesta maka’as husi estudante sira nia inan aman iha primeiru enkontru.

Maibe hikus mai inan aman tenki simu konsekuiensa hirak ne’e tanba iha esplikasaun husi diresaun eskola katak osan hirak ne’e atu uza ba nesesidade eskola nian.

Tuir regras ne’ebe iha, estudante sira bainhira falta dala ida selu multa U$. 0,50 no tama tarde dala tolu selu osan U$. 0’50.

No pior liu tan karik estudante sira ne’ebe falta no tarde la selu osan maka sira sei la tuir ezame.

Eskola sekundaria No 02 Baucau Vila-Nova hanesan eskola publiku ne’ebe hari’i husi guvernu no tinan-tinan hetan numeru estudante ne’ebe bo’ot liu kompara ho eskola sira seluk ne’ebe iha Baucau. (Helia, Hermenia, Silvanio, Idelia, Daria, Joaquina no Adriano/CJITL Internship)

Tuesday, 18 May 2010

Horta Husu Ho Haraik An, Timor Oan Labele Halimar Ho Kilat






Written by Atay Alves
Tuesday, 18 May 2010

CJITL flash,
Iha Segunda feira horseik, Prezidenti Republika, Jose Ramos-Horta hala’o chek up ba ninia kondisaun saude iha Hospital Nasional Guido Valadares, (HNGV) hodi hare progresu husi ninia kondisaun saude, hafoin hetan atentadu ne’ebe iha 11 Fevereiru 2007 ne’ebe hakanek Xefe Estadu.

Iha prosesu chek up ne’ebe hala’o husi doutores Timor-oan sira ne’e Xefe Estadu hatan hodi media sira mos bele halaoo kobertura to’o prosesu ne’e nia rohan, hodi nune’e publiku mos bele hatene kondisaun Xefe Estadu nian ne’e.

Hafoin prosesu chek up ne’e ramata, doutor Mendes Pinto ne’ebe lidera prosesu ne’e esplika katak, jeralmente kondisaun Xefe Estadu nian diak, maibe iha fatin kanek sorin kuanan nian ne’ebe bala musan ninia rahun balun sei iha Prezidenti nia isin lolon, ne’ebe mak dala ruma provoka moras wainhira Prezidenti Republika hala’o servisu maka’as.

Entertantu hafoin prosesu check up, Xefe Estadu hateten katak nia hakarak duni halo check up iha Timor-Leste , tamba hakarak fo konfiansa ba mediku Timor- oan sira iha rai laran

Ho ninia kanek ne’ebe nia rasik hatudu ona ba Publiku Xefe Estadu apelu ba sidadaun hotu atu labele halimar-tan ho kilat, tamba ho kroat sira ne’e mak hamosu vitima barak iha nasaun ida ne’e.

Iha biban ne’e mos Dr.Rui Maria de Araujo, eis Ministru Saude, nebe hetan konfia husi governu hodi akopmpanha Xefe Estadu wainhira sei hala’o taratmentu iha Hospital Royal Darwin, ho Prezidenti Republika nia autorizasaun, hatudu fotografia ho power point ba prosesu operasaun ba Prezidenti Republika nian iha Hospital Royal Darwin.(*/CJITL)
Last Updated ( Tuesday, 18 May 2010 )

Sunday, 16 May 2010

Jornal Record - O dia de Vieira e Nuno Gomes em Timor

Jornal Record - O dia de Vieira e Nuno Gomes em Timor

Emilia Maria Valéria Pires


Em Maria Va


Emilia Pires, who was born in East Timor, and at the age of 14 fled East Timor with her family. For the past 15 years, Ms. Pires has been an international advocate for the plight of her people. She appeared before the UN Commission on Human Rights on behalf of the people of East Timor and was a board member of the East Timor Human Rights Center.

1998-2000 Member of the Executive Committee of the National Council of Timorese Resistance and Director of the Department of Regional Services




2001-03 Secretary of the Commission on Planning

2007- Minister of Finance

Fonte: http://www.easttimorwomen.org/Women_Leaders/Emilia_Pires.html


Pedro Rosa Mendes - Um romance passado em Timor sobre uma memória portuguesa


.

Diário Digital – Lusa – 15 maio 2010

Após dois anos e meio de trabalho «intenso» como jornalista em Timor-Leste, Pedro Rosa Mendes imaginou meia dúzia personagens, colocou-as na história recente do país e escreveu um romance sobre uma «determinada memória portuguesa», que chega hoje às livrarias.

A «Peregrinação de Enmanuel Jhesus» pretende ser um olhar tão distanciado sobre o que se passou na antiga colónia portuguesa que o autor não incluiu nenhum português no grupo de narradores, onde se destacam um militar e um padre indonésios e um timorense funcionário da administração de Jacarta colaborador da resistência de Timor-Leste.

«Distância intelectual» foi o objetivo desta opção, disse o escritor à agência Lusa, reconhecendo que escreveu um «'livrito' sobre Portugal», com «alguma coisa a dever» aos filósofos e pensadores José Gil e Eduardo Lourenço ou a Luís Filipe Thomaz, um dos maiores especialistas na história timorense.

Friday, 14 May 2010

Puisiku: Pagi Yang Indah





Pagi Yang Indah

Terang adalah sebuah kemenangan.
Di pagi yang indah,
Burung-burung bernyanyi di pagi yang indah,
Angin ketenangan meniup suara-suara yang indah,
Menanti musim kemarau yang indah.

Dua warna merah muncul tiba-tiba dihadapanku.
Dua insan bergoyang dihadapanku.
Sebuah lilin putih menyatukan mereka.
Kemenangan berada dihadapanku.

Pagi yang indah,
Bunyi yang merdu,
Burung-burung bernyanyi,
Semua manusia memiliki ketenangan batin.

Sebuah gelas berisi teh berada dihadapanku.
Membuatku semakin tenang di pagi yang indah.
Sebuah sinar menyala diatas kepalaku.
Membantuku menulis,
Membantuku melihat.

Sebuah warna putih jauh dari hadapanku.
Memberi ketenangan,
Memberi keindahan,
Memberi kehidupan,
Memberi senyum.

Judul Foto: Rainbow in Peterborough.
Judul Puisi: Pagi Yang Indah.

Hasil Karya: Celso Oliveira
.

Tuesday, 11 May 2010

Papa “honrado e agradecido” com visita a Portugal

11.05.2010 - 11:30 Por Lusa

Bento XVI manifestou-se “honrado e agradecido” pelo convite que lhe foi endereçado pelo Presidente da República, Cavaco Silva, para visitar Portugal. No discurso que fez logo após a sua chegada a Lisboa, o Papa sublinhou a importância da colaboração entre a Igreja e o Estado.

Poucos minutos depois de ter chegado a Figo Maduro e de ouvir as palavras de boas-vindas de Cavaco Silva, o Papa iniciou o primeiro discurso da visita de quatro dias a Portugal a agradecer o convite de Cavaco Silva, dirigindo-se depois aos portugueses. Bento XVI saudou todos, “independentemente da sua fé e religião”, deixando o seu “pensamento em particular” para os que não puderam vir ao seu encontro.

O Papa sublinhou depois a importância das comemorações do Centenário da República portuguesa. "A viragem republicana, operada há cem anos, abriu na distinção entre a Igreja e o Estado, um espaço novo de liberdade para a Igreja", disse.

Bento XVI evocou as Concordatas de 1940 e 2004, afirmando que "a Igreja está aberta a colaborar com quem não marginaliza nem privatiza a essencial consideração do sentido humano da vida".
"De uma visão sábia sobre a vida e sobre o mundo deriva o ordenamento justo da sociedade", disse.

Sem aludir a nenhuma das recentes mudanças legislativas em Portugal que têm sido contestadas pela Igreja, destacou que na intervenção pública dos católicos "não se trata de um confronto ético entre um sistema laico e um sistema religioso". Em causa está "uma questão de sentido à qual se entrega à própria liberdade", observou.

Após o seu discurso, o Papa dirigiu-se para o “papamóvel”, que o transporta até à Nunciatura Apostólica, onde permanecerá até às 12h30, altura em que parte para uma cerimónia oficial de boas-vindas no Mosteiro dos Jerónimos, onde visitará a Igreja de Santa Maria de Belém, na companhia da directora do Mosteiro, Isabel Cruz Almeida, e o cónego José Manuel Ferreira.

A acompanhar a viatura papal está um forte dispositivo de segurança. Depois de sair do aeroporto, o "papamóvel" passou pela rotunda do Relógio, passando depois pela Avenida Gago Coutinho, onde várias centenas de pessoas saúdam o Santo Padre.

Fonte: http://www.publico.pt/papaemportugal/Noticia/papa-honrado-e-agradecido-com-visita-a-portugal_1436605

Monday, 10 May 2010

Chelsea are champions as summer of signings beckons


Chelsea's squad celebrate winning the Premier League
Chelsea celebrate their first Premier League title for four seasons

Alan Hansen
By Alan Hansen
BBC Sport football expert

Chelsea are worthy Premier League champions at the end of a thrilling season full of twists and turns - but it is a campaign that ends with all of the major clubs needing a revamp of their playing staff.

Carlo Ancelotti's side won the day because they had just that bit more consistency than Manchester United and Arsenal, scoring a magnificent total of 103 league goals. In some respects, the Blues claimed the title because their rivals were not good enough, not because they were outstanding.

The Champions League is invariably a reliable gauge to the strength of your domestic football - and results there suggested that England's top teams were easier to beat than they had been in previous seasons.

Warning signs flashed when Liverpool went out at the group stage, while no Premier League side made it to the semi-finals, which have been dominated by English teams in the past. It will be the same next season unless improvements are made.

No-one can deny that Chelsea deserved to win the title... there is no doubt, however, that they were helped greatly by the failings of others

If the top four went backwards, then teams like Tottenham, Manchester City and Aston Villa made strides. Everton arguably played as well as any team in the Premier League from the turn of the year.

No-one can deny that Chelsea deserved to win the title. Their goalscoring was remarkable, especially as Didier Drogba and Frank Lampard got 50% of them. They also "acquired" a new player in Florent Malouda. He went from never looking like being a player to being exceptional.

There is no doubt, however, that they were helped greatly by the failings of others.

I said on Match of the Day 2 that it was a tribute to Manchester United that they were still in with a shout on the final day of the season because they were so bad for so long.

You can hardly believe how badly they have played this season, and yet there is something Sir Alex Ferguson has built into that club that keeps them fighting.

The season has also been a triumph for Chelsea coach Carlo Ancelotti, who has won the title in his first season and can claim the Double if his side beat Portsmouth in the FA Cup final. It is too soon, however, to suggest he has banished the ghost of Jose Mourinho.

The Portuguese was the man who brought back-to-back titles to Chelsea in 2005 and 2006 after a 50-year gap and more or less built the team that won the Premier League on Sunday.

Yes, he had money to do it, but plenty of managers have had money and wasted it. Mourinho built a team that stood the test of time, as the 8-0 thrashing of Wigan showed.

Carlo Ancelotti with the Premier League trophy
Ancelotti with the Premier League trophy

One spectre Ancelotti has managed to get rid of is the accusation - if indeed it is an accusation - that Chelsea have been boring, functional and methodical when collecting trophies. Not this season.

To score seven goals in three home games and eight in another is a wonderful feat. They have played some fine attacking football this season and, as I have said, are worthy champions.

The trick for Ancelotti is to demonstrate he has a great side by winning back-to-back titles - and I think it will be a frantic summer in the transfer market for all of those clubs chasing honours.

Chelsea will need to sign players who can go straight into the team. They need a quality keeper to put pressure on Petr Cech, who is not what he was four or five years ago, and central defenders to challenge the likes of John Terry, who has had an indifferent season.

I am not talking about players around the fringes, I am talking about players in their mid-20s, hungry and determined to get in that Chelsea team and stay there.

The same applies to Manchester United, who have struggled without Carlos Tevez and Cristiano Ronaldo, becoming too reliant on Wayne Rooney. Ferguson also has a squad that is ageing in some areas and will need freshening up.

It is one of the hardest things in football to break up a team and reassemble a new one, but Ferguson is the master. Never bet against him doing it again.

My old club Liverpool need a huge overhaul after a very poor season. But they face competition for players from Arsenal, Spurs and Manchester City as well as Chelsea and Manchester United.

The reality is that players, first and foremost, come to England for money. Then it is the lure of Champions League football. Liverpool have got neither.

On the other hand, Manchester City have almost limitless financial resources, while Spurs can dangle the Champions League carrot in front of potential signings.

As for Chelsea, they will justifiably bask in their Premier League triumph, but I do not expect them to rest on their laurels for long.

That means this summer should witness plenty of transfer dealings as England's elite jostle for prime position ahead of next season.

Alan Hansen was talking to BBC Sport's Phil McNulty.

BENFICA DE DILI "RENASCE" COM VITÓRIA DO CAMPEONATO PORTUGUÊS

.

MSO – Lusa

Díli, 10 mai (Lusa) - O entusiasmo com a vitória do Benfica no campeonato português contagiou-se a Timor-Leste, onde um grupo de antigos sócios e jogadores decidiu fazer renascer outro Benfica, o de Díli.

Antigos sócios, amigos, simpatizantes, filhos de antigos sócios e de antigos jogadores do "Sport Dili e Benfica" reuniram-se em assembleia geral, no anfiteatro da Fundação Oriente, com o objetivo de reativar o clube timorense, que contava inúmeros adeptos na época da administração portuguesa.

Antigos jogadores do Sport Díli e Benfica marcaram presença e recordaram os "bons velhos tempos", um dos quais, Óscar Marques, 89 anos, mas também João Soares e João Mendes Gonçalves, num reencontro a que não faltou sequer o então jogador do Sport Díli e Benfica e hoje vice-primeiro ministro Mário Viegas Carrascalão.

Tomada a decisão de "ressuscitar" o Benfica timorense, foi escolhida um direção, presidida por Fernando Encarnação, para conduzir o clube até à realização de eleições, votados os elementos que passam a integrar os corpos sociais e aprovados os estatutos provisórios.

A assembleia geral é presidida por outro político conhecido, o ex-primeiro ministro timorense Mari Alkatiri, também ele antigo jogador, e o conselho fiscal por José Carlos Sequeira.

A assembleia geral ficou marcada para 06 de junho, altura em que deverão ser aprovados os estatutos definitivos e eleitos os novos corpos gerentes.

Tuesday, 4 May 2010

5 de Maio 1999

5 Maio 1999 Indonesia, Portugal i Nasoens Unidas halo acordo atu halo referendum iha 8 de Agosto atu husik povo Timor decide simu ou la’e simu autonimia especial. Sira mos halo acordo katak Nasoens Unidas ho naran UNAMET (United Nations Assistance Mission in East Timor) hari i estado Indonesia responsabiliza sobre seguransa.

5 May 1999 Indonesia, Portugal and UN agree to that the referendum carries out on 8th of August to let Timorese people decide to accept the framework of special autonomy or not. Also they agree to that UN mission called UNAMET is established and Indonesian government has the responsibility for the security.


Fonte: http://www.geocities.jp/hkbtls/hakerek/Hakerek06/dalan.htm

Monday, 3 May 2010

Mensagem do Sindicato dos Jornalistas para o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa 2010



O Sindicato dos Jornalistas associa-se, mais uma vez, às comemorações do Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, proclamado pela UNESCO em 1993, aproveitando a ocasião para chamar a atenção dos jornalistas, dos poderes públicos e dos cidadãos para a importância da informação como bem público.

Uma informação livre, pluralista, de qualidade, eticamente responsável e deontologicamente comprometida é essencial ao exercício pleno da cidadania, nas múltiplas dimensões que encerra o direito dos cidadãos à informação consagrado nas convenções internacionais e nas leis constitucionais e nas leis ordinárias dos estados. É através da imprensa livre que as democracias respiram.

Apesar dos inúmeros progressos da técnica e de avanços significativos na capacidade de recolher, tratar e distribuir informação, de novas possibilidades técnicas e tecnológicas abertas no campo da comunicação social, os resultados não traduzem uma correspondente melhoria em termos de resposta adequada às reais expectativas e necessidades dos cidadãos e ao seu direito a uma informação realmente diversificada e plural.

A aparente diversidade de órgãos de informação nos vários suportes não traduz uma verdadeira diversidade de oferta informativa, de olhares plurais sobre a realidade, de reflexões múltiplas sobre os problemas que atingem as pessoas e as instituições, de leituras cruzadas das dinâmicas sociais, de preservação e valorização das culturas, de promoção da criação humana.

A concentração da propriedade dos meios comunicação social e modelos de organização da produção jornalística assentes na obsessiva redução de custos e a maximização do lucro – com o emagrecimento das redacções, políticas de baixos salários, precarização dos jornalistas e desinvestimento no jornalismo de investigação e na agenda própria – estão na origem dessa preocupante tendência.

Ao assinalar o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa em 2010, o Sindicato dos Jornalistas não pode deixar de acentuar que, infelizmente, se mantêm actuais as suas preocupações de anos anteriores.

A concentração da propriedade dos meios de informação mantém níveis excessivos nalguns casos e poderá aumentar ainda mais, ameaçando aumentar o poder de intervenção no espaço público de um reduzido número de grupos económicos, mantendo nas mãos de um clube restrito a capacidade de recolher, tratar e difundir informação.

À concentração da propriedade estão associados problemas que atingem directamente os jornalistas mas que se reflectem na qualidade e na diversidade da informação oferecida aos cidadãos – o agravamento da precariedade, o desemprego, o confisco dos direitos de autor dos jornalistas e o ataque a direitos fundamentais destes profissionais. O poder de decidir quem entra, quem se mantém e quem sai da actividade profissional pertence essencialmente aos principais grupos. A esperança de um lugar no quadro e a insegurança no emprego, face à ameaça de mais e mais profundas reestruturações de empresas, alimentam o medo e condicionam consciências.

É neste contexto que a informação como bem público ganha hoje uma maior importância. Os cidadãos têm o direito de exigir uma informação verdadeiramente livre, plural e de qualidade, mesmo quando oferecida por empresas jornalísticas do sector privado. Mas têm especialmente o direito à existência de serviços públicos – designadamente de rádio e de televisão – que cumpram desinteressadamente esse direito, além do mais livre de condicionamentos de natureza política, económica ou outra.

Numa altura em que, no debate político, se manifestam intenções no sentido da privatização da RTP, e num ano de revisão ordinária da Constituição da República, o Sindicato dos Jornalistas alerta os cidadãos para a necessidade de defesa intransigente de serviços públicos de comunicação social que garantam elevados padrões de qualidade, pluralismo e isenção.

Lisboa, Dia da Liberdade de Imprensa 2010

A Direcção

Saturday, 1 May 2010

HISTÓRIA DO DIA DO TRABALHADOR


.

1º DE MAIO

No dia 1º de Maio de 1886, 500 mil trabalhadores saíram às ruas de Chicago, nos Estados Unidos, em manifestação pacífica, exigindo a redução da jornada para oito horas de trabalho. A polícia reprimiu a manifestação, dispersando a concentração, depois de ferir e matar dezenas de operários.

Mas os trabalhadores não se deixaram abater, todos achavam que eram demais as horas diárias de trabalho, por isso, no dia 5 de Maio de 1886, quatro dias depois da reivindicação de Chicago, os operários voltaram às ruas e foram novamente reprimidos: 8 líderes presos, 4 trabalhadores executados e 3 condenados a prisão perpétua.

Foi este o resultado desta segunda manifestação.

A luta não parou e a solidariedade internacional pressionou o governo americano a anular o falso julgamento e a elaborar novo júri, em 1888. Os membros que constituíam o júri reconheceram a inocência dos trabalhadores, culparam o Estado americano e ordenaram que soltassem os 3 presos.

Em 1889 o Congresso Operário Internacional, reunido em Paris, decretou o 1º de Maio, como o Dia Internacional dos Trabalhadores, um dia de luto e de luta. E, em 1890, os trabalhadores americanos conquistaram a jornada de trabalho de oito horas.

116 anos depois das grandiosas manifestações dos operários de Chicago pela luta das oito horas de trabalho e da brutal repressão patronal e policial que se abateu sobre os manifestantes, o 1º de Maio mantém todo o seu significado e actualidade.

Nos Estados Unidos da América o Dia do Trabalhador celebra-se no dia 3 de Setembro e é conhecido por "Labor Day". É um feriado nacional que é sempre comemorado na primeira segunda-feira do mês de Setembro e está relacionado com o período das colheitas e com o fim do Verão.

No Canadá este feriado chama-se "Dia de Oito Horas". Tem este nome porque se comemora a vitória da redução do dia de trabalho para oito horas.

Na Europa o "Dia do Trabalhador" comemora-se sempre no dia 1 de Maio.

Em Portugal, segundo declarações do Secretário-geral da UGT, Eng. João Proença, ao Expressoemprego.pt, "o Dia do Trabalhador é da maior importância para o movimento sindical e para aqueles que representa, mas também para todos os que defendem uma sociedade mais justa e solidária. Em Portugal é o dia em que afirmamos os valores do sindicalismo e a necessidade do progresso económico e social".

Os trabalhadores aproveitam este dia para alertar o Governo e outras entidades para algumas das suas necessidades, tais como: direitos dos trabalhadores, aumento de salários e melhores condições. Em Portugal, segundo as declarações do secretário-geral da UGT, os direitos dos trabalhadores têm evoluído positivamente, " hoje os trabalhadores vivem melhor que há 15 anos mas continuamos muito afastados da média comunitária, da qual nos estamos a aproximar a um ritmo demasiado lento. Temos maiores salários, mas continuam os mais baixos e desiguais da União Europeia; o mesmo acontece com as pensões. Os avanços legislativos não se traduzem muitas vezes na prática, face às violações sistemáticas da Lei. A sinistralidade laboral é a 1ª na Europa. A negociação colectiva começa a estar bloqueada e urge o relançamento da concertação".

Todos os anos este feriado é comemorado com a realização de algumas actividades. Para este ano, segundo o engenheiro João Proença, este dia vai ser passado "em unidade, em luta e em festa vamos todos à Torre de Belém em Lisboa, onde os vários Sindicatos expõem os seus Comunicados e as suas actividades. O discurso da UGT exporá as reivindicações da Central, os problemas e as propostas de solução. Haverá também iniciativas pontuais em pontos mais afastados como Bragança e as Regiões Autónomas."

Participe. Afinal, este dia é seu.

VD - Expresso