My photo
Um escritor, um poeta, um aventureiro,

Wednesday, 16 December 2009

Sorumotuk PM Xanana Ho Eis PM Malaysia Mahathir


Governo assinou acordo com empresas Petrolíferas da Malaysia para trazer Pipeline GSR para Timor-Leste

Dili - O Governo de Timor-Leste, decidiu assinar acordo com as companhias Petrolíferas da Malaysia para cooperação cuja objectivo é o de trazer Pipeline Greater Sun Rise (GSR) para Timor-Leste. A visita do ex-PM nos dias (10-11 Dezembro), trazendo consigo empresários Malayu para investir em Timor-Leste, assinou os MOU´s entre o Governo de Timor-Leste e as companhias Malayu, como: Company Kencana HL SDN (KHL), Company IBEX Cooperation Amalgamated e Janar Resources SDN BHD.

Nos contactos de alto nível entre o Governo Timor-Leste e representantes das Companhias Petronas e Petrokimia da Malaysia, aos quais o Jornal teve acesso, “O Governo está à procura de uma companhia alternativa para trocar com a Woodside, para explorar a possibilidade para trazer o Pipeline GSR para Timor-Leste”.

A Malaysia demonstrou o seu empenho em ajudar Timor-Leste, nos aspectos técnico-científico, para trazer o Pipeline GSR para Timor-Leste. As empresas como Petronas e Petrokimia irão apoiar Timor-Leste em todos os aspectos; alem do vector técnico-científico, estão também prontas para criar infra-estruturas para as plataformas petrolíferas, a capacitação dos recursos humanos nas áreas do petróleo e gás natural. E também para ajudar a criar a companhia de Petróleo e Gás de Timor-Leste.

Timor-Leste aproximou-se também da companhia KOGAS, da Correia do Sul, a maior compradora de gás do mundo, que também está pronta para a apoiar o Governo de Timor-Leste, no aspecto técnico-científico, nas áreas de Petróleo e Gás. A KOGAZ irá ajudar Timor-Leste a criar a LNG de Timor-Leste.

Austrália, através de Woodside, quer levar Pipeline GSR para Austrália

O Governo da Austrália, através da companhia Woodside, desenvolveu o máximo de esforços para levar o Pipeline GSR para o seu país, principalmente para Norte da Austrália. Através da Woodside tem procurado enfraquecer o Estado de Timor-Leste nas negociações. Segundo fontes deste Jornal, a Woodside, é uma companhia que pretende aumentar o seu orçamento extra para desenvolver actividades como suportar os grupos na sociedade civil Timorense para enfraquecer o Estado Timorense, favorecendo os interesses da Austrália e da Woodside. Como último recurso, pode tentar alimentar a crise política e militar para criar instabilidade em Timor-Leste!

Fonte: Suara Timor LoroSae (STL, 14/12,pag.1 e 14)!
Foto: António Ramos

Versaun Tetum: http://forum-haksesuk.blogspot.com/2009/12/goveru-asina-ona-akordo-ho-empresa-mina.html

No comments:

Post a Comment