My photo
Um escritor, um poeta, um aventureiro,

Monday, 24 August 2009

“TOUR” DE TIMOR ARRANCA HOJE PARA MAIS DE 300 TREPADORES


.
MSO – HB – Lusa – Expresso - 23 Agosto 2009

Díli, 23 Ago (Lusa) - O Presidente Ramos-Horta dá segunda-feira em Díli a largada do "Tour" de Timor-Leste a um pelotão de mais de 300 ciclistas, que terá de enfrentar 450 quilómetros de estradas estreitas e desníveis até dois mil metros de altitude.

Marcada para a manhã de segunda-feira, junto ao novo edifício da Presidência da República, na capital timorense, a primeira etapa do "Tour" ligará Díli a Baucau, numa distância de cerca de 120 quilómetros.

O pelotão de mais de 300 ciclistas profissionais e amadores de ambos os sexos, provenientes de 15 países, terá de cumprir uma prova de 450 quilómetros em cinco etapas, cruzando o maciço central do país em direcção à costa Sul (Betano), e regressará a Díli pelas montanhas de Maubisse, a cerca de dois mil metros de altitude, até ao fim da volta, em Díli no próximo dia 28.
"É um grande pelotão", assinala David Butt, porta-voz da organização do primeiro "Tour" de Timor-Leste, recordando que na mais famosa das voltas, a francesa, correm 180 ciclistas.

Cumprindo uma ideia antiga do Presidente Ramos-Horta, o "Tour" pretende promover as potencialidades turísticas de Timor-Leste e mostrar um povo pacífico e hospitaleiro, num momento em que se assinala o décimo aniversário da consulta popular de 30 de Agosto de 1999, cujo resultado conduziu à independência do país.

A organização da prova depende de 50 voluntários, que terão de zelar por uma corrida inédita em Timor-Leste, um país onde as estradas são estreitas, sinuosas e com desníveis vertiginosos.
Há 75 mil dólares (52,3 mil euros) em prémios nas diversas categorias, 15 mil (10,4 mil euros) dos quais para o camisola amarela na chegada a Díli.

A prova tem como principal patrocinador a Digicel, a maior empresa de telecomunicações da América Central e sem presença em Timor, cujo sector é assegurado exclusivamente pela Timor Telecom, detida pela PT.

Segundo David Butts, Timor-Leste e Malásia apresentam-se no "Tour" com as suas equipas nacionais.


http://www.tourdetimor.com/

2 comments:

  1. Alo Dili

    Mostrar um povo pacífico e hospitaleiro mas os governantes de agora sao violentos e criminosos sao os grandes trepadores numa corrida inédita ao poder e aos fundos do estado parecem caes esfomeados sabendo de antemao que e do povo de Timor Leste e nao e uma conta privada dos seus familiares e amigos em que o Horta admitiu um problema serio com a corrupcao e que o povo nao lutou e morrer para independencia para termos um governo corrupto ou um sistema corrupto.Esta corrida de paz do Horta e para mostrar ao mundo que e uma corrida para o abismo.

    Adeus

    de Aikurus

    ReplyDelete
  2. Isto significa nao vai haver mais marcha da paz. paciencia.....

    ReplyDelete