My photo
Um escritor, um poeta, um aventureiro,

Friday, 20 February 2009

Timor-Leste caminha rumo a desenvolvimento e estabilidade, diz Ramos Horta

Nações Unidas, 19 fev (EFE).- O presidente do Timor-Leste, José Ramos Horta, afirmou hoje que seu país se encontra no caminho do desenvolvimento e da estabilidade política, um ano depois de uma tentativa de golpe quase acabar com sua vida. Durante um discurso ao Conselho de Segurança da ONU, o governante agradeceu à comunidade internacional, e em particular às Nações Unidas, pelo apoio a seu país após a tentativa de golpe do dia 11 de fevereiro de 2008. O pequeno país asiático desde então "deu um giro" e se encontra em paz, afirmou Ramos Horta em seu discurso ao principal órgão das Nações Unidas, que na semana que vem deve renovar o mandato da Missão Integrada deste organismo no Timor-Leste (Unmit).
Ramos Horta assinalou que já não há grupos armados operando no Timor, e que os índices de criminalidade caíram a níveis abaixo inclusive de alguns dos países mais desenvolvidos.
"Nossa economia está muito bem, com um crescimento real de mais de 10% no final de 2008. Com um orçamento de US$ 680 milhões para 2009 e US$ 200 milhões em programas financiados por doadores, acho que conseguiremos manter um crescimento de dois dígitos, apesar da crise", apontou.
Esse panorama econômico permitirá ao Governo aumentar os investimentos sociais para reduzir o alto índice de pobreza que aflige o país, e que desde sua independência em 2002 aumentou de 36% para 49%, precisou.
Ramos Horta informou que a ex-colônia portuguesa empreenderá um programa de investimento em infraestruturas que nos próximos dez anos deve dar ao país uma nova rede elétrica, um aeroporto, um porto e estradas.
"Não há atalhos ou milagres no caminho à modernização e ao desenvolvimento", advertiu.
O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, também demonstrou otimismo ao comentar o relatório apresentado por Ramos Horta, e assegurou que o Timor-Leste inicia 2009 "com o céu claro".
"Este país pode finalmente se dedicar sem distrações ao trabalho essencial de construir os alicerces firmes e duráveis para a estabilidade e a prosperidade", avaliou.

No comments:

Post a Comment